Centro Dia do Idoso da APAE Batatais completa 15 anos


O Centro Dia do Idoso da APAE Batatais completa 15 anos neste mês de fevereiro. Os serviços oferecidos à comunidade batataense tiveram início em 2002, de forma tímida e improvisada, nas dependências da instituição para suprir uma demanda de pessoas idosas com deficiências adquiridas somadas a fatores de risco social com familiares que procuravam a entidade em busca de serviços especializados.

O serviço foi inaugurado, em local próprio, meses depois, com o apoio da procuradoria pública de Batatais. O espaço conta com uma área construída de 317,12 m², localizada próxima à sede da APAE Batatais. Atualmente, são atendidos, de segunda a sexta-feira, 35 idosos, com idade igual ou superior a 60 anos que apresentam alguma deficiência adquirida – como sequelas de AVC e Alzheimer.

Esses idosos, em sua maioria, são encaminhados pela rede socioassistencial, de saúde e pelo poder público do município. Diariamente, os assistidos recebem atendimentos nas especialidades de serviço social, psicologia, terapia ocupacional, educação física, nutrição, enfermagem, medicina, fisioterapia e fonoaudiologia, que favorecem a manutenção de uma vida mais ativa e saudável.

Segundo a coordenadora de assistência social da APAE Batatais, Fernanda Girardi, o serviço também acolhe os familiares das pessoas atendidas por meio de acompanhamento psicossocial. “O acompanhamento realizado junto às famílias fortalece os laços e o bom convívio. Nosso objetivo é preparar os envolvidos para enfrentar as mudanças decorrentes do envelhecimento e da deficiência”, explica.

Fernanda conta que, com a ajuda dos familiares, o trabalho consegue ser otimizado, pois é possível atender um número maior de pessoas quando há a disponibilidade do idoso frequentar o centro por somente meio período. “Tanto em período parcial como integral, o atendimento favorece a melhora da autoestima, da convivência social e dos cuidados alimentares, de higiene, segurança e saúde, com práticas esportivas e atividades em oficinas socioeducativas e socioassistenciais”, enfatiza a coordenadora.

Emerson Lopes é operador de torno CNC, e sua mãe, Maria Aparecida da Silva é atendida pelo Centro Dia do Idoso há dois anos, em período integral. O jovem conta que se viu impossibilitado de dedicar-se integralmente aos cuidados da mãe após um AVC e que o serviço foi a alternativa para que sua mãe continuasse a realizar plenamente suas atividades diárias. “Pensamos primeiro, no que seria importante para ela. No Centro ela convive com outras pessoas, faz atividades e recebe tratamento médico e de outras especialidades o dia todo. Com isso, eu tenho tempo para trabalhar e nos períodos em que ela não está em atendimento, consigo me dedicar a ela e preservar nosso convívio familiar”, diz Lopes.

A coordenadora de saúde da APAE Batatais, Patrícia Lopes, destaca que muitas pessoas estão envelhecendo com sequelas, tornando-se dependentes de terceiros. “Hoje temos uma fila de espera muito grande e 12 pessoas já foram avaliadas como público dos serviços, mas não há vagas. Precisamos de um espaço físico maior para atender aos idosos que necessitam deste serviço”, conclui.  


SAIBA COMO AJUDAR:


DOAÇÃO FAÇA MAIS

GOSTARIA DE SABER MAIS SOBRE A APAE BATATAIS ?
LIGUE PARA GENTE: (16) 3661-6000

Facebook APAE Batatais Twitter APAE Batatais Twitter APAE Batatais Twitter APAE Batatais

© Copyright 2018 APAE Batatais - Todos os direitos reservados