Vivências Ambientais


No final de 1994, um convênio firmado entre a APAE Batatais e a Fundação do Bem Estar do Menor de São Paulo (FEBEM) cedeu, por meio de comodato, uma área desmembrada da Unidade Educacional e de Permanência (UEP5), em Batatais, para que fosse uma escola produtiva rural para exercício de aprendizagem prática de ensino, profissionalização e terapia de pessoas com deficiência atendidas pela APAE Batatais, presidida então por Antônio Jácomo Felipucci.

Houve uma grande mobilização por parte de agricultores da cidade e região, que tornaram o local adequado para plantio e, em fevereiro de 1995, a escola produtiva já possuía uma plantação de soja que ocupava uma área de 12 alqueires.

Diversas parcerias foram firmadas ao longo dos anos com agropecuaristas e empresas dos setores público e privado com o intuito de estabelecer e aprimorar as propostas de trabalho.

Em 1998, a instituição passou a colher os primeiros frutos do trabalho realizado: pessoas atendidas foram profissionalizadas e novos projetos surgiram.

As ações desenvolvidas pelo projeto ambiental renderam à APAE Batatais, em 2008, o Prêmio Fundo Itaú de Excelência Social (FIES), que reconhece e estimula o trabalho de programas sociais educacionais desenvolvidos por ONGs. O programa foi eleito como um dos 9 melhores projetos de Educação Ambiental do Brasil.

Atualmente, a APAE Batatais propicia em sua Unidade de Vivências Ambientais um espaço estimulante para o desenvolvimento de atividades e programas fundamentados em trabalhos de campo com fins terapêuticos e socioeducativos que proporcionam condições para a melhoria da qualidade de vida das pessoas atendidas e seus familiares.

Projetos Atuais:

Viveiro de Mudas - o viveiro de mudas tem entre seus objetivos, auxiliar as pessoas atendidas a analisar criticamente princípios que conduzem a uma convivência harmoniosa entre o ser humano, o ambiente que se vive e as demais espécies que habitam o planeta. Por meio de ações integradas são desenvolvidos programas de restauração de matas ciliares e produção de mudas de árvores nativas, colaborando, desde 2006, para a preservação da biodiversidade com a reprodução de aproximadamente 90 espécies arbóreas e herbáceas. Hoje, o viveiro possui uma capacidade produtiva de 150 mil mudas ao ano. Todo o recurso recebido com a venda é aplicado na manutenção das atividades produtivas e de formação das pessoas atendidas.

Equoterapia – Método terapêutico que utiliza o cavalo para alcançar benefícios físicos, psíquicos, educacionais e sociais das pessoas atendidas. Observa-se como resultados para o praticante: a melhora nas funções do corpo, na aplicação de conhecimentos adquiridos, na comunicação, na mobilidade, nos relacionamentos interpessoais, no bem estar emocional, na independência, entre outros.

Cultivo de horta, fruticultura – Projeto intitulado “Saberes da Terra” que propicia o contato com o cultivo de verduras, legumes e raízes e a sua manutenção, visando à reflexão sobre a importância da alimentação saudável, segurança alimentar e nutricional além dos cuidados com solo e água. Parte da produção destes alimentos é encaminhada para a cozinha da instituição e contribui com as refeições de pessoas atendidas pela APAE Batatais. Em 2016, por meio de oficina desenvolvida com os alunos da Educação para o Trabalho, iniciou-se de forma experimental a comercialização de produtos gerados através das atividades realizadas neste projeto.

Produção de Ervas Medicinais e Aromáticas – possibilita a estimulação sensorial, o desenvolvimento psicomotor e cognitivo, noções de autocuidado e higiene, resgatando a cultura de produção de alimentos, cosméticos e medicamentos caseiros a partir de ervas aromáticas e medicinais.

Plantação de grãos – Na busca contínua da sustentabilidade financeira, a unidade utiliza parte de sua área para a produção de grãos que são comercializados. As principais culturas trabalhadas são soja e milho.

Jardim dos Sentidos – Espaço que busca estimular e valorizar os cinco sentidos e sua contribuição para reconhecer as sensações e redescobrir percepções do ambiente que é formado principalmente por plantas ornamentais, ervas aromáticas e estruturas (naturais e construídas) com diferentes cores e texturas.

Artes e artesanato – Atividades culturais e trabalhos de Artes e Artesanato são desenvolvidos pelas áreas de Assistência Social e de Educação da entidade, que utilizam a Unidade como recurso para diversas ações integradas ao meio natural, estimulando a comunicação, valorização e integração entre as pessoas e o meio. Dentre as atividades, há o projeto musical “Folia da Terra” que busca ampliar conceitos favorecendo a compreensão de estilos musicais e também reflexões promovidas por práticas autênticas, prazerosas e criativas através da música.

Bovinocultura – Também busca contribuir com a sustentabilidade financeira e, no âmbito terapêutico, auxilia no tratamento de pessoas mediante a utilização de animais em técnicas que proporcionam o aumento da afetividade, da socialização e do ânimo.

Coleta Seletiva e Reciclagem – Coleta seletiva dos resíduos gerados, reaproveitamento de materiais que seriam descartados, oficinas de reciclagem de papel para produção de matéria prima para confecção de artesanato e fabricação de sabão a partir de óleo de cozinha usado.

SAIBA COMO AJUDAR:


DOAÇÃO FAÇA MAIS

GOSTARIA DE SABER MAIS SOBRE A APAE BATATAIS ?
LIGUE PARA GENTE: (16) 3661-6000

Facebook APAE Batatais Twitter APAE Batatais Twitter APAE Batatais Twitter APAE Batatais

© Copyright 2017 APAE Batatais - Todos os direitos reservados